Westerley Dornellas

Num mundo com sede de reinvenção, Westerley se destaca como um mestre na arte de criar personagens absurdos, fantásticos, monstruosos, futuristas. Todos com a marca da sua ousadia. É um mago, um dos caracterizadores de maior prestígio no cenário nacional. Quem mais teria a ousadia de transformar a bela Anitta num homem careca e o galã Rodrigo Hilbert num personagem peculiarmente feio?

Há 30 anos, esse ícone da maquiagem e dos efeitos especiais põe sua competência a serviço de marcas, eventos, filmes, óperas, novelas, peças de teatro. Sua habilidade em concretizar sonhos e delírios de publicitários, diretores, artistas e criadores inventivos tem lhe rendido inúmeros prêmios. Supervisionou equipes de maquiagem de novelas consagradas e espetáculos teatrais, como a montagem de “Rei Lear”, com os geniais atores Paulo Autran e Raul Cortez, o musical “O Beijo da Mulher Aranha” e a ópera “A Queda da Casa Usher ” de Philip Glass. Ministrou cursos e workshops no Brasil e na escola de cinema “City Varsity” em Cape Town (África do Sul). Estudou a arte de envelhecer com a maquiadora norte-americana Vee Neil, vencedora do Oscar de Maquiagem pelos filmes “Dick Tracy”, “Edward Mãos de Tesoura” e “Coração Valente”. Em 2008 aprendeu técnicas de maquiagem para HD em São Francisco e Los Angeles. Recentemente realizou os efeitos de maquiagem do filme “Twisted Blues”, em Dubai, nos Emirados Árabes, no formato 8K.

Abriu o ano de 2019 com a ópera Barbeiro de Sevilha no teatro Municipal de São Paulo com excelentes críticas na imprensa. Recentemente supervisionou a caracterização e efeitos maquiagem do Filme O Lodo Dir:
Helvecio Ratton – Belo Horizonte MG .

Prêmios

Ganhou 9 vezes o Prêmio Avon Collor de Maquiagem nas categorias artes cênicas, videoclipe, desfiles, cinema, vídeo publicitário e mídia impressa. Sua caracterização de monstros também mereceu um GrandPrix na publicidade. Seus efeitos especiais foram decisivos para o curta “O Ramo ” sair vencedor no Festival de Cannes 2007. Westerley fez brotar folhas na pele da protagonista.

Conceitos

As caracterizações de Westerley tem um forte tom conceitual. E uma identidade única. Suas personagens, sejam monstros ou bonecas surreais, nos transportam para universos lúdicos e fantásticos, nos fazem sonhar. A cada novo desafio, uma reinvenção; para cada loucura proposta, uma inovação. O artista dos efeitos especiais tem o poder de nos conduzir ao caos, à paixão, à magia do inusitado, ao deboche escancarado. Westerley esculpe, com suas técnicas sofisticadas, criaturas que revelam sua própria inquietude, que são a expressão estética de suas verdades.

Translate »